Advogados


Os advogados nunca deveriam fazer uma pergunta a uma vovozinha, se eles não estiverem preparados para a resposta.

Durante um julgamento em uma pequena cidade, o advogado da acusação chamou ao banco das testemunhas sua primeira testemunha, uma mulher de avançada idade.

O advogado se aproximou e perguntou-lhe:

– Sra. Fortunati:  a senhora sabe quem eu sou?

Ela respondeu: – “Sim, eu sei Senhor Sanny. Eu o conheço desde que era uma criança, e digo-vos, francamente foi uma decepção para seus pais. Sempre mentindo, você acha que sabe tudo, é muito arrogante, abusado, engana a esposa e, o pior de tudo, manipula as pessoas. Acredita que é melhor que todo mundo, quando na verdade é um pobre homem. Sim, eu sei quem é o senhor!”

O advogado ficou perplexo, não sabendo exatamente o que fazer. Apontando para a sala, ele perguntou à mulher:

– Sra. Fortunati: – A senhora conhece o advogado da defesa?

Novamente ela respondeu: “Claro que sim, conheço o Sr. Perez também desde que ele era uma criança. Ele é preguiçoso e meio estranho, e tem problemas com alcoolismo. Não pode ter uma relação normal com ninguém e é o pior advogado do estado. Sem mencionar que traiu sua mulher com três mulheres diferentes, uma era a tua esposa, lembras-te? Sim, eu conheço o Sr. Perez. Sua mãe também não está orgulhosa dele.”

O advogado da defesa quase caiu morto.

O juiz chamou rapidamente aos dois advogados e mandou se aproximarem da mesa e, em seguida, disse:

– Se algum dos dois perguntar a essa velha se me conhece, mando para a cadeira elétrica os dois.

Advertisements